10 de fevereiro de 2016

'Bora tentar mais uma vez!

Há mais de um ano sem uma palavra aqui.

Parece que perdi a mão. :(

Será que vale a pena insistir?

Acho que a primeira voz que ouvi  sobre a vontade/necessidade de retornar aos nossos  blogues, em 2016,   foi a da Jenny.

E vieram outras vozes conhecidas.

Hoje a gota d'água: a Marli (sempre inspiradora!), comemora dez anos da Blogosfera Marli! Num texto instigante - Blog X Rede Social -, usou imagens bacanas:
O blog é como a casa da gente, onde você guarda suas coisas de forma organizada e recebe suas visitas que chegam sem tanta pressa de ir. A rede social é como a rua. Você transita por ela, cruza com um monte de gente, eventualmente cumprimenta alguém ou tem uma conversa rápida.
Resolvi tirar a poeira e ajeitar a casa pra receber as visitas! Tipo puxar um banco, conversar devagar...

*** *** *** *** ***

Seguindo a metáfora da Marli, nas minhas ruas surgem, sem avisar,  coisas inúteis... passo por elas correndo... sem saco! Muitas, excluo. Não sou obrigada, né?!

Por isso, nos últimos tempos, várias vezes pensei em desativar meu perfil no Facebook. Acabo ficando pela facilidade de acesso às atualizações dos blogues que sigo, dos jornais, das revistas, por causa  de pessoas com ideias bacanas, com quem aprendo muito, por causa da militância, numa tentativa de desconstruir o que a mídia oficiosa vem fazendo há tempos no Brasil. 

Fico, principalmente, por causa do grupo do Curso Normal - Elisa Valls. Tá, nem sempre conseguimos o que está  na descrição:
Este grupo é uma proposta do Curso Normal do Instituto Estadual de Educação Elisa Valls, de Uruguaiana-RS; uma forma de ampliar o diálogo entre (futuros/as) professores/as.
O que se pretende é muita interação, muita aprendizagem, muita partilha... por isso, fica à vontade, entra na conversa!
Em alguns momentos, o grupo se torna  um curso de artesanato, como se o trabalho com as crianças se limitasse a fazer bichinhos, flores e o escabau de sucata e eva.

E a conversa é escassa ali. A maioria se limita a visualizar as publicações e, às vezes, curtir mesmo sem lê-las. Sim, muitas vezes postei textos ou vídeos longos e, no minuto seguinte, havia uma curtida (o que me deixa sem saber o que significa curtir uma publicação... assunto pra outra hora!).

Acho que nem as alunas* nem as professoras* do Curso, ainda,   fazemos as provocações necessárias, não percebemos o potencial das redes online para mediar a aprendizagem.

Então, o que me prende ao FB é um grupo que não cumpre o seu propósito? É que tenho a esperança de conseguir, a partir dele, a interação, a aprendizagem compartilhada,  ampliando as conversas em outras redes online - blogues, youtube...

Essa esperança está se renovando hoje. Confesso que, nesse ano e tanto que não apareci no Ufa!, havia desistido.

Desistido de usar as tecnologias digitais como mediadoras da aprendizagem.

Mas eu preciso voltar, afinal, sou professora no século XXI. Mais: trabalho num curso de formação de professoras* que vão atuar com alunos nascidos no século XXI.

'Bora tentar mais uma vez!

*** *** *** *** ***

* Ao me referir às alunas e às professoras do curso, opto pelo uso do substantivos femininos, meus motivos óbvios, ou não?!



8 comentários:

Marli Fiorentin disse...

Suely
Fiquei emocionada com tua postagem e com tua iniciativa de tentar retomar o Blog. Na verdade, perdemos muitas vezes a esperança , a
motivação, quando percebemos que a luta parece ser um tanto solitária. Nos blogs pouco conseguimos que as pessoas interajam mas sabemos que tem quem passe por eles mesmo sem deixar seu pitaco. Mas vendo o que você escreveu , percebo que mesmo na rede social a interação não é como idealizamos. Talvez seja uma crise que não tenha a ver com o suporte que utilizamos mas vai além. Poucos estão dispostos a refletir. E acho que por isso mesmo precisamos persistir. Eu ainda acho que como tem acontecido o auge e a decadência de algumas redes sociais, os blogs permanecem e quem sabe retornaremos a ter mais interação. Quem sabe! Não vamos sofrer com isso. Seguimos publicando no nosso ritmo sem impor nenhuma ditadura a nós mesmas. Sempre haverá quem nos leia e se uma pessoa tirar algo de bom já valerá a pena.
Grande abraço, amiga!

Suely Aymone disse...

Sim, Marli, vamos publicando aqui, no nosso ritmo...
Gosto do blogue, especialmente, para guardar
... as reflexões, os planos, as impressões...
Talvez, quem mais se beneficie com os nossos escrito sejamos nós mesmas!
Beijos!
Obrigada pela parceria! Sempre!

Marli Fiorentin disse...

É verdade Suely. Acima de tudo é bom pra gente. Se for para os outros, tanto melhor. BJ!

Bruna Nunes disse...

Ameeeeeei essa tua mensagem! Adorei! Saudades Suuuuuu <3

oigreslima@gmail.com disse...

Suely, tudo vale a pena se a alma não é pequena e não se deixa aprisionar nos jardins murados das redes socias que violam nossa privacidade e efemerizam as conversações.

Retome quantas vezes quiser/puder. E faça silêncio, também, quando necessitar!

Vida longa as conversações nos blogues!

covildoorc disse...

Que bom ver a professora de volta! Há anos conheci esse blog e até trocamos umas figurinhas. Estava vendo o arquivo e achei o Ufa perdido lá. O Covil continua vivo!
Abraços!

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net afim de encontrar novos amigos e divulgar o meu blog, me deparei com o seu que muito admiro e lhe dou os parabéns, pois é daqueles blogs que gostaria que fizesse parte de meus amigos virtuais.
Pois se desejar visite o Peregrino E Servo. Leia alguma coisa e se gostar siga, Saiba porém que sempre vou retribuir seguindo também o seu blog.
Minhas cordiais saudações, e um obrigado.
António Batalha.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Blogger disse...

Ever wanted to get free Twitter Re-tweets?
Did you know you can get them ON AUTOPILOT & TOTALLY FOR FREE by using Like 4 Like?